INDIGNU | OPHELIA

81


Em plena noite de bruxas, nasceu Ophelia. Veio ensanguentada, parecendo que antes de nascer já teria passado por todos os tumultos de outro mundo, mas é enigmático o aroma a alfazema que traz. Foi um parto duro, difícil, sofrido… Foram muitas as barreiras, é certo e ainda ninguém sabe como foi possível tanta perseverança, sacrífico e paciência. Talvez seja o que aconteça quando se dá tudo o que se tem e se inventa o que parecia não existir. Nasceu o terceiro filho de indignu [lat.] e a alegria é redobrada e amplificada a cada rotação do vinil. Ophelia é uma mulher com duas faces, dois rostos, dois carácteres. Bipolar em todos os sentidos, recusa comparações com o disco anterior. Ophelia é como que se de um lado “A/Norte/Este”fosse delicada, planante, emocional, impregnada de cenários sensoriais, clássicos, contemplativos. E do outro lado “B/Sul/Oeste”, agitada, desconcertante, negra, numa viagem sofrida e excêntrica.


Editora: Honeysound
Banda: Bandcamp


Faixas:
1. A1 Mar do Norte / 2. A2 Jerusalém / 3. A3 Adeus, clarabóia / 4. B1 Montanha Negra / 5. B2 Tâmaras ao Vento  / 6. B3 Santhiago do Schiele


ENCOMENDAR
18€ + portes de envio



.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Anúncios